Há alguns princípios básicos que nos guiam atrás dos fogões (Katia e eu nos alternando e completando, cada um com suas especialidades, pontos fortes e referências culinárias e culturais): a disponibilidade e o uso dos ingredientes locais (mas não necessariamente as receitas locais), e a criatividade do momento, com o que houver de disponível na hora, naquele dia".

Seguimos e apoiamos o movimento Slow Food (www.slowfoodbrasil.com) desde a sua criação, e tentamos aplicar as ideias que o fundamentam, apesar das dificuldades práticas num lugar afastado e de acesso relativamente difícil, porque acreditamos que isso contribui de forma concreta e pragmática para o futuro do planeta.

A região de Cananéia e o ecossistema Lagamar são muito ricos em ingredientes quase únicos e bastante diferenciados: as ostras de água salobra, os mexilhões de mangue, a bottarga (ovas de tainha secas ao sol, defumadas e eventualmente curtidas no saquê), os peixinhos secos à moda japonesa (iriko), as muitas variedades de palmito, a banana-cinza e a farinha de banana verde, os coquinhos jussara, a cataia, o coentro selvagem.